Skip to content

Chaves para manter o seu fígado limpo com a dieta de purificação

Atualizado el08 de fevereiro de 2018, 12:38

Depois de seguir uma dieta de purificação durante alguns dias, estimulas e potências das funções do rim e o fígado, para que o seu corpo se vai desfazendo ativamente das substâncias tóxicas acumuladas.

Relacionado com este artigo

DESINTOXICAÇÃO

E, da mesma forma que seu organismo se queixa e se envia sinais quando está “carregado”, também se fala quando começa a depurarse. Olhe atentamente para elas e, se as notas, é que seu corpo está respondendo positivamente.

4 sinais de que a dieta Purificação funciona

Para saber se a dieta que você seguiu funcionar você deve observar uma série de sinais que ocorrem em qualquer organismo no processo de depuração.

  1. Observa a tua língua. Se há um excesso de tóxicos no organismo, a língua delata pois apresenta imediatamente uma cor esbranquiçada e uma textura mais áspera e fosca. À medida que vai eliminando desperdícios, vai recuperando a sua cor-de-rosa e seu aspecto brilhante.
  2. Veja sua pele e seu cabelo. Não só você vai saber se o que você está fazendo bem, porque há uma perda progressiva de peso. A acumulação de tóxicos piora a celulite, a qualidade da pele e do cabelo. Ao removê-los, você verá como melhoram pouco a pouco, a sua pele ficará mais lisa e luminosa e o seu cabelo mais brilhante.
  3. Analisa a sua energia. Quando os tóxicos se acumulam em excesso costuma apresentar-se de fadiga e cansaço. Se, paulatinamente, vai recuperando a energia e você se sente mais importante, significa que você está no bom caminho.
  4. Controle as suas micções: tendem a ser mais densas, de uma cor mais escura e um odor mais intenso após um período de comida “fora de controlo”. À medida que depuras vão aclarándose.

Como manter o efeito “detox” por mais TEMPO

Quando o seu corpo responde a depuração, se você começar a se sentir mais saudável, bonita e ativa, algo que pode alongar o tempo depois de terminar a dieta desintoxicante com uma simples chave para estabilizar a depuração.

Hábitos que você não deve abandonar após a dieta

  • Em seus menus, legumes e frutas frescas. Além de favorecer as funções renais, também facilitam as hepáticas, porque fornecem uma boa quantidade de vitaminas e outras substâncias antioxidantes que protegem o fígado, o desgaste produzido pelo ataque dos radicais livres.
  • Continua com o hábito de beber 8-10 copos de água por dia. É especialmente benéfico tomar o primeiro copo logo ao levantar-se para pôr em marcha o metabolismo e ativar a queima de calorias. Também é conveniente que você leve água ou um chá antes de deitar.
  • Comer 5 vezes ao dia. Para que seu sistema depurativo funcione corretamente é importante que você faça bem as digestões. Para isso, come com frequência, mas em pequena quantidade, ou seja, inclui a sua dieta em 4 ou 5 refeições ao longo do dia e modera as rações.
  • Não saia da fibra. Evitar a prisão de ventre também é essencial para mantê-lo livre de toxinas. Tenha em conta que, para ativar e regular o trânsito intestinal é fundamental aumentar a quantidade de fibras, beber bastante água e fazer exercícios de forma moderada e regular.

Cuidado com as substâncias que se enchem de tóxicos

  • Modera as gorduras ‘ruins’ e os açúcares. Pré-cozinhados, produtos de pastelaria, confeitaria industrial, os fritos, alguns molhos… não concordam.
  • Limita o consumo de álcool. As bebidas alcoólicas dificultam o trabalho dos rins e do fígado para eliminar toxinas.
  • Deixa o tabaco. Se você fuma, você deve abandonar este hábito porque te prejudica em todos os sentidos, pois é uma grande fábrica geradora de toxinas.

Ajudas extra para não acumular toxinas

Além de promover em seus menus vegetais frescos, proteínas leves, boas gorduras e fibras, propomos-lhe algumas recomendações em forma de shakes, sucos, cremes e sopas que, além de serem deliciosos, são diuréticos e desintoxicantes. Beba 2 ou 3 vezes por semana para mantê-lo limpo por dentro.

Smoothies e sucos que se “limpam”

  • Shake de agrião e maçã: os vegetais de folha verde, como o agrião favorecem o trabalho do fígado. Adicione a maçã e lhe darás um toque de doçura.
  • Suco de mamão e uva: um verdadeiro arsenal de antioxidantes, vitaminas, fibras e potássio. Além disso, o mamão protege o fígado e é digestiva.
  • Suco de acelga, limão e cenoura: esta combinação não só tem ação diurética, depuração e alcalinizante do sangue, mas que também tem efeito remineralizante, ajuda a manter a pele bem lisa e suave e apenas soma calorias. E tudo graças às vitaminas C, do complexo B e beta-caroteno), os minerais e a fibra desses ingredientes.
  • Suco de laranja, cenoura e abacaxi: este suco também tem efeito diurético e depurativo, estimula as defesas e traz um verdadeiro arsenal de vitaminas e substâncias antioxidantes. Abacaxi destaca-se pela sua bromelaína, que ajuda a digerir as proteínas, o aipo favorece a eliminação de toxinas através da urina e da laranja facilita o trabalho do fígado.

Sopas e cremes depurativas

  • Sopa de aipo e cebola: Ambos são fonte de fibra, sais minerais e vitaminas, e destacam-se por sua ação diurética e purificação. Para acentuar este efeito adicione um pouco de suco de limão.
  • Sopa de repolho e alho-poró: A couve é um laxante, diurética e purificação, entre muitas outras virtudes medicinais. Se você combina com alho-poró, que também é rico em fibras e potássio, multiplicam-se as virtudes.
  • Creme de abóbora com algas: A abobrinha tem apenas 17 calorias por 100 g, pois contém muita água. Use uma batata para engrossar o creme em vez de queijo. E enriquécela com algas. São termogênica.
  • Gaspacho: À base de tomate, cebola, pepino, pimentão e alho, é um prato com um alto aporte de água e potássio. Isso favorece a produção de urina e a eliminação de resíduos.
Vote agora